Páginas

terça-feira, 31 de maio de 2011

(LIGA MUNDIAL) Serginho e João Paulo Bravo se destacam nas estatísticas

Líbero Serginho lidera as estatísticas de recepção (Foto: CBV/Divulgação)

Titulares nas duas primeiras partidas do Brasil na Liga Mundial de Vôlei 2011, contra Porto Rico, no último final de semana, em San Juan, Porto Rico, o líbero Serginho e o ponteiro João Paulo Bravo são os brasileiros mais bem colocados nas estatísticas oficiais da competição após a primeira semana de jogos. Serginho lidera na recepção e é o quarto melhor defensor, enquanto Bravo foi o segundo atacante mais eficiente da semana.

De volta à seleção após mais de um ano, Serginho voltou mostrando sua conhecida eficiência no fundo de quadra. Na recepção, conseguiu 23 execuções perfeitas m 29 tentadas, atingindo índice de 75,86% de aproveitamento, o melhor da primeira semana, à frente do sul-coreano Yeo, com 71,11%, e do porto-riquenho Jose Rivera, com 63,64%.

Na defesa, outra de suas especialidades, Serginho terminou a primeira semana em quarto lugar, com média de 3,33 ações bem sucedidas por set. O mais bem colocado foi o polonês Ignaczak, com 5,17, seguido pelos norte-americanos Lambourne (4,33) e Priddy (3,50).

Estreante em Liga Mundial, Bravo tem o 2° melhor ataque (Foto: FIVB/Divulgação)

Jogando a Liga Mundial pela primeira vez, João Paulo Bravo destacou-se no ataque. O ponteiro brasileiro converteu em ponto 19 das 31 bolas que atacou, obtendo 61,29% de eficiência. Com aproveitamento melhor, 69,70%, o russo Spiridonov foi o principal atacante da semana. O terceiro mais eficiente foi o cubano Bell, com 59,09%.

Apesar do destaque no ataque, Bravo foi elogiado pelo técnico Bernardinho justamente por seu potencial defensivo.

“O João Paulo Bravo foi nosso jogador mais consistente nas duas partidas contra Porto Rico”, comenta o treinador. “Sua entrada deu um grande equilíbrio ao sistema defensivo da equipe e ele contribuiu bastante também no ataque. Por suas características, ele nos dá uma alternativa interessante quando precisarmos de uma equipe mais estruturada defensivamente”, revela o treinador.

A seleção brasileira retornou de Porto Rico no fim da tarde desta segunda-feira e se reapresentará nesta TERÇA-FEIRA (31.05). Na manhã de QUARTA-FEIRA (01.06) a equipe inicia sua preparação para enfrentar a Polônia no SÁBADO (04.06) e no DOMINGO (05.06), às 10h, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Divulgação

(MERCADO) Volta Redonda apresenta o central Giovanni

O Volta Redonda ganhou um grande reforço. O central Giovanni, que disputou a última Superliga pelo BMG/Montes Claros, foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira, dia 31, pela diretoria do Voltaço.

Entretanto, o meio de rede ainda não poderá iniciar os treinamentos junto dos demais jogadores do Volta Redonda. É que Giovanni está na Seleção Brasileira Militar, que segue em preparação para o Campeonato Mundial Militar, previsto para acontecer no Rio de Janeiro, entre os dias 16 e 24 de julho.

O gerente de voleibol da equipe, Luiz Eduardo Pontes, explicou a situação do jogador e prometeu novidades para o decorrer da semana.

“Ficou acertado que o Giovanni virá para os treinamentos no final de julho, após o Mundial Militar. É mais um grande jogador que buscávamos para este grupo e, agora, esperamos contar com mais atletas deste porte no time. Estamos em negociação e, até o fim da semana, devem chegar novos reforços”, afirmou Luiz Eduardo.

Aos 29 anos, o atleta acumula passagens por equipes do voleibol brasileiro e mundial, como Almería (Espanha), Vivo/Minas, São Caetano, Lupo/Náutico, Bento/Vôlei, UCS, Brasil Vôlei/São Bernardo, além do BMG/Montes Claros. Entre os títulos, Giovanni foi Campeão da Supercopa da Espanha e da Copa do Rei, em 2007, Campeão Espanhol, em 2008, e Campeão da Copa Cimed, em 2010. Já entre as conquistas pessoais, o central foi considerado o melhor sacador da Superliga 2005/2006 e, na temporada seguinte, o melhor bloqueador do Campeonato Espanhol.

Divulgação

(SELEÇÃO JUVENIL) Brasil cai em grupo forte no Mundial

O Mundial Juvenil Feminino será disputado no Peru,em julho (Foto: CBV/Divulgação)

O caminho do Brasil rumo ao sétimo título mundial juvenil feminino de vôlei (87, 89, 01, 03, 05, e 07) não será fácil. A equipe verde amarela caiu no grupo B, ao lado de Sérvia, Cuba e Itália na disputa da primeira fase do Campeonato Mundial da categoria, entre os dias 21 e 30 de julho, no Peru. O sorteio dos grupos foi realizado na última QUINTA-FEIRA (26.05), em Lima, no Peru.

Atual campeã, a Alemanha não disputará a competição. Mas as medalhistas de prata do último Mundial, disputado no México, as dominicanas estarão de volta. A República Dominicana compõe o grupo D, ao lado do Japão, da China e da Rússia.

Donas de casa, as peruanas estarão no grupo A e enfrentarão o Egito na partida de abertura. Tunísia e Eslováquia são as outras seleções da chave. Já o grupo C terá Bélgica, Estados Unidos, Coreia do Sul e Polônia.

Na primeira fase, as equipes jogarão dentro de seus respectivos grupos e os dois melhores colocados estarão classificados para a fase seguinte. Na segunda etapa, os oitos times estarão divididos em dois grupos de quatro. As duas equipes mais bem ranqueados de cada grupo disputarão as semifinais.

Divulgação

(RUSSO) Pelo 3° ano consecutivo, Dante é eleito o melhor jogador do Dínamo Moscou

De volta ao voleibol brasileiro para defender o RJX, novo time do Rio de Janeiro, o ponteiro Dante foi eleito, pelo terceiro ano consecutivo, o melhor jogador da temporada do Dínamo Moscou, clube em que atuou nos últimos três anos.

Além do ponteiro brasileiro, estavam concorrendo ao prêmio o central Dmitri Scherbinin e o levantador Sergey Grankin. É a primeira vez na história do clube russo que um jogador alcança a façanha.

Na temporada 10/11, Dante conquistou no Dínamo Moscou a medalha de bronze na Champions League e a prata na Superliga Russa.

Universo do Vôlei

(OUTROS) No tie-break, meninas do BMG/São Bernardo chegam à final do Jabs

Na final, meninas aguardam adversário da decisão (Foto: SM Press/Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (31) as meninas do BMG/São Bernardo venceu por 3 sets a 2 o Rio do Sul (SC), parciais de 21x25; 21x25, 16x25; 24x26 e 5 x 15,  e está na final do Jogos Abertos Brasileiros.

“Esse resultado me deixou arrepiada. Estou muito feliz. Nossa superação foi demais dentro de quadra. Suportamos a pressão e mudamos a cara do jogo a partir do terceiro set. Agora é concentração por que estamos na final”, comemorou Ciça.

Mesmo perdendo por dois sets a zero, o time do ABC paulista não desanimou. O terceiro set foi muito bem jogado. A equipe do BMG/São Bernardo conseguiu diminuir o placar. “Conseguimos efetivar algumas coisas importantes durante o jogo e isso foi essencial. Um resultado excepcional para nosso time”, avaliou o treinador.

O quarto set foi emocionante. Dispostas à buscar a classificação, as comandadas do técnico Zé Alexandre mostraram toda a garra e determinação em quadra, levanto o duelo para o tie-break. No set decisivo, a ousadia da levantadora Ana Maria fez a diferença. Com bolas de segunda, o time saiu vencedor.

“Até eu fiquei apreensiva se conseguiria rodar essas bolas. Deu certo. Um grande passo para nossa equipe. Parabéns as meninas que lutaram tanto. Ainda estamos no começo de treinamento para a temporada”, finalizou Ana Maria.

Agora, a equipe do ABC paulista disputa nesta quarta-feira (1º de Junho) o primeiro lugar nos Abertos. O adversário sairá do confronto entre o Banana Boat/Praia Clube, representando Minas Gerais na competição e Campo Grande (MS).

Divulgação

(OUTROS) Meninos do BMG/São Bernardo chegam à 1ª final desta temporada

Nova formatação da equipe de vôlei do ABC paulista começa a dar resultado

BMG/São Bernardo está na final do Jab's (Foto: SM Press/Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (31) a equipe masculina do BMG/São Bernardo conquistou vaga na grande final dos Jogos Abertos Brasileiros, disputados em Poços de Caldas (MG). O time comandado pelo técnico Alê Stanzioni venceu o Três Lagoas (MS) por três sets a zero, parciais de 25x16; 25x14 e 25x13.

“Foi um jogo mais tranquilo do que esperávamos. Conseguimos rodar todos nossos jogadores, contribuindo assim para o entrosamento dessa nova equipe que se formou”, declarou o treinador.

Alê ainda ressaltou a importância desses primeiros jogos na temporada. “Ainda não tivemos uma grande evolução, até por que aqui nos jogos não se tem tempo para treinar, porém nossa comunicação melhorou dentro de quadra e isso facilita as jogadas, os atletas começam a se conhecer melhor. A final será muito disputada, as outras equipes da outra semifinal são muito fortes”, finalizou o treinador.

Agora, a equipe do ABC paulista disputa nesta quarta-feira (1º de Junho) o primeiro lugar nos Abertos. O adversário sairá do confronto entre o Uberlândia (MG) e São Gonçalo (RJ).

Divulgação

(MERCADO) Sem acerto com Sesi-SP, Érika aguarda boa proposta do Brasil para não ter de jogar no exterior

Érika defendeu o Galatasaray, da Turquia, na última temporada (Foto: Divulgação)

Ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei, bronze em Sydney (2000), Érika quer voltar ao país. No entanto, a possibilidade de acertar com o Sesi-SP não vingou e agora, a atleta aguarda uma nova proposta para retornar ao Brasil.

“Tive uma conversa com o Sesi, mas nós não entramos em um comum acordo e agora estou esperando. Tenho uma proposta muito boa do Japão e da Rússia, mas sinceramente eu não queria ir. De qualquer forma, se não tiver outra opção, tenho de continuar trabalhando, mas estou esperando, a gente ainda tem uma luz no fim do túnel”, disse Érika, que mantém conversas com equipes nacionais.

“Tenho conversado com alguns clubes e tenho visto o que tem de bom até porque, financeiramente, é mais interessante ir embora porque o salário lá fora é bem maior, mas a minha opção mesmo é jogar no Brasil, porque quero voltar para casa, porque eu gosto daqui, é uma opção pessoal, mas também tem de ver. Em cinco ou seis anos, eu paro de jogar, e preciso fazer uma poupança boa”, falou a jogadora.

Portal Virgula/Leandro Carneiro

segunda-feira, 30 de maio de 2011

(MERCADO) Time feminino do Sesi-SP será espelho para alunos, diz Talmo Oliveira

Skaf, jogadoras e comissão técnica do time feminino de vôlei do Sesi-SP (Foto: SESI/Caio Lopes)

“Nossa equipe servirá de espelho para as crianças e jovens alunos do Sesi-SP”, declarou o campeão olímpico (Barcelona/92) e técnico da equipe feminina do time da indústria, Talmo Oliveira, ao ressaltar o compromisso dos atletas do esporte de rendimento de incentivar a prática esportiva para os mais de 100 mil alunos da entidade, durante a apresentação do primeiro time feminino adulto de vôlei do Sesi-SP, nesta segunda-feira (30), na sede da Fiesp.

A equipe, que reúne jogadoras renomadas do voleibol brasileiro, como a levantadora Dani Lins, a central Natalia Martins, a líbero Michele e a ponta Sassá, com jovens talentos do voleibol nacional.

“Estamos loucas para entrar em quadra e mostrar o quanto podemos contribuir com esse novo projeto”, enfatizou a central Natália, convocada para integrar a seleção brasileira feminina de voleibol durante a disputa do Yeltsin Cup, que acontecerá entre os dias 3 e 11 de julho, na Rússia.

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Sesi-SP, destacou os esforços da instituição, que há pouco mais de dois anos intensificou investimentos na formação de novos talentos do esporte brasileiro, com foco nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Na avaliação de Skaf, os resultados obtidos com o time de vôlei masculino, campeão da Superliga Masculina de Voleibol 2010/2011, foram consequência do trabalho sério realizado pela instituição. "Conquistar um campeonato é muito bom".

Porém, o mais importante é sentir a garra e determinação das atletas, fazendo o seu melhor dentro de quadra. Tenho certeza que esse time fará isso e servirá como um belo exemplo para os nossos alunos”, completou.

Montanaro, Paulo Skaf e Talmo durante a apresentação do time (Foto: SESI/Caio Lopes)

Durante o evento, Walter Vicioni, superintendente operacional do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, chamou a atenção para a metodologia adotada pela instituição, que incentiva a pratica esportiva como ferramenta para educação plena dos estudantes. “Desde o início da gestão do presidente Paulo Skaf, o Sesi-SP tornou-se protagonista da história do esporte e da educação brasileira”, afirmou.

José Montanaro, supervisor de voleibol do Sesi-SP, acredita que a convivência dos estudantes da instituição com os atletas de rendimento estimulará os estudantes a praticarem uma modalidade esportiva. Hoje, mais de cinco mil jovens praticam voleibol nas 211 escolas do Sesi-SP. “Fico muito orgulhoso de fazer parte deste projeto. Estou debutando no vôlei feminino e vou aprender muito com essas meninas”, concluiu Montanaro.

Divulgação

(MERCADO) Meio de rede Marina Daloca motivada com transferên​cia para o Sesi-SP

Central foi titular na conquista do bi paulista pelo Pinheiros/Mackenzie

Sesi-SP foi apresentado na manhã desta segunda-feira (Foto: SESI/Caio Lopes)

Apresentada na manhã desta segunda-feira como integrante do elenco do Sesi-SP, a meio de rede Marina Daloca não esconde a motivação por fazer parte do mais novo time do voleibol feminino brasileiro.


“Estou bem feliz com essa oportunidade. O elenco que foi formado é de altíssimo nível e a comissão técnica é experiente. Tenho certeza que teremos uma excelente temporada pela frente, mas sabemos que os resultados só acontecerão com muito trabalho de todo o grupo”, disse a central.

Destaque do Pinheiros/Mackenzie na conquista do bicampeonato paulista nos anos de 2009 e 2010, Marina tinha outro motivo para comemorar o acerto com o Sesi. “Uma das coisas ruins da vida de atleta é ficar mudando de cidade. Mas, dessa vez, vou continuar morando em São Paulo e nem precisarei trocar de apartamento”, revelou.

Após a apresentação oficial, as meninas do Sesi-SP foram liberadas até a próxima segunda-feira, quando serão submetidas a exames médicos e avaliações físicas. Inicialmente, os compromissos oficiais do time na temporada 2011/2012 são o Campeonato Paulista e a Superliga.

Divulgação

(OUTROS) Time feminino do BMG/São Bernardo está nas semifinais dos Jab's

Meninas do São Bernardo estão nas semifinais do torneio ( Foto: SM Press/Divulgação)

Na tarde desta segunda-feira (30) as meninas do BMG/São Bernardo encararam o time de Vitória (ES) na última rodada da fase de classificação dos Jogos Abertos Brasileiros. O time comandado pelo técnico Zé Alexandre venceu Vitória (ES) por três sets a zero, parciais de 25x13; 25x18 e 25 x 12 e está na semifinal da competição.

“Foi um jogo super importante para rodar as meninas, e aproveitar que tínhamos um adversário menos complicado pela frente para definir jogadas e saber como cada uma está nesse momento”, avaliou Paty Bianchi, uma das caras novas do time.

Quem corrobora com Paty, é Ciça. Para a jogadora, os primeiros duelos nos Abertos foram complicados. “Tivemos pouco tempo de treino antes desse torneio, sofremos um pouco no primeiro jogo, mas hoje foi importante para saber como seguir em frente”, finalizou.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Seleção masculina chega ao Brasil e terá grupo completo

Wallace (Foto), Dante e Murilo se juntaram ao grupo (Foto: CBV/Divulgação)

Com duas vitórias por 3 a 0 e seis pontos na bagagem, a seleção brasileira de vôlei voltou ao país nesta SEGUNDA-FEIRA (30.05), vinda de San Juan, onde enfrentou a seleção de Porto Rico na primeira semana da Liga Mundial de Vôlei 2011. Os jogadores se reapresentam nesta TERÇA-FEIRA (31.05), no Rio de Janeiro, onde o técnico Bernardinho terá pela primeira vez o grupo completo, com 17 convocados à sua disposição.

No entanto, o time teve um imprevisto no decorrer da volta ao Brasil. Ao fazer escala em Miami, o avião teve problemas técnicos e a equipe precisou embarcar em outro vôo, previsto para chegar ao Brasil no fim da tarde desta SEGUNDA-FEIRA.

Wallace e Murilo, que ficaram fora da viagem à capital porto-riquenha, e Dante, que se apresentou na última segunda, passarão a integrar os treinamentos.

“Será importante ter mais estas opções”, diz o técnico Bernardinho. “Com o grupo completo, a tendência é que agora possamos definir uma base e trabalhar mais em cima dela visando a sequência da Liga Mundial. Temos três semanas no Brasil e contamos com o apoio da torcida nestas partidas, que serão complicadas”, afirma o treinador.

O técnico brasileiro utilizou 11 dos 14 jogadores que viajaram para San Juan nos jogos contra Porto Rico e revelou a importância de dar ritmo de jogo a todos.

“É importante que todos tenham a oportunidade de jogar e estejam preparados para quando houver a necessidade. A Liga Mundial é uma competição longa, com muitas viagens, e fatalmente precisaremos utilizar todo o grupo”, acredita.

Nos próximos SÁBADO (04.06) e DOMINGO (05.06), o Brasil enfrenta a Polônia, às 10h, no ginásio do Maracanãzinho. A TV Globo e o Esporte Interativo transmitiram as partidas ao vivo.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Restam poucos ingressos para as partidas entre Brasil e Polônia

Ainda há ingressos para os jogos entre Brasil e Polônia (Foto: CBV/Divulgação)

Os torcedores que ainda não compraram ingressos para as partidas entre Brasil e Polônia pela Liga Mundial deverão se apressar. Depois de 10 dias de venda pela internet e nos pontos de venda em todo o Brasil, restam um pouco menos de 3.000 ingressos para cada dia. Os jogos serão realizados no ginásio do Maracanãzinho, a partir das 10h, no SÁBADO (04.06) e no DOMINGO (05.06).

Até o fim da manhã desta SEGUNDA-FEIRA, restavam 2.656 entradas para sábado e 2.959, para domingo. Os torcedores poderão comprar as entradas na internet, pelo site www.ticketsforfun.com.br, ou pelo telefone 4003-5588. Os ingressos também estão sendo vendidos em 37 pontos de vendas espalhados por seis estados brasileiros.

Os preços dos ingressos variam de acordo com a localização do acento. Os valores variam entre R$20 e R$90 (confira os preços no quadro abaixo). Cada torcedor poderá comprar até seis ingressos. Estudantes e idosos terão direito a meia-entrada. No entanto, precisarão apresentar seus documentos de identificação (carteira de estudante e identidade, respectivamente) no ato da compra e na entrada do ginásio, já que estes ingressos serão nominais.

Se ainda restarem ingressos, as bilheterias do Maracanãzinho estarão abertas a partir da próxima QUINTA-FEIRA (02.06), das 10h às 18h. No dia dos jogos (4 e 5), a venda será feita entre 7h e 11h.

Parceria com o MetrôRio

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) fechou uma parceria com o MetrôRio. Os usuários que tiverem Cartão Pré-Pago, válido e com crédito, terão 50% de desconto na compra de entradas inteiras. A estação Maracanã MetrôRio fica bem próximo do ginásio do Maracanãzinho e facilitará a chegada dos torcedores.

Gratuidade

A CBV disponibilizará 207 (duzentos e sete) ingressos para atender as Leis Números 4.476/2004 (acesso gratuito aos menores de 12 anos), 2.562/1996 (acesso gratuito ao idoso acima de 65 anos) e 2.051/1992 (gratuidade portadores de deficiências), no âmbito de Estado do Rio de Janeiro.

Os beneficiários que atenderem aos requisitos das mencionadas leis deverão retirar o ingresso na bilheteria do Maracanãzinho, nos dias 4 e 5 de junho, das 8h às 10h ou até esgotarem os ingressos. A localização das gratuidades será nos balcões do ginásio. Com relação às crianças, todas serão identificadas e, no local, haverá dois assistentes sociais responsáveis pelo atendimento.

Depois de enfrentar Porto Rico, no Rio de Janeiro, o Brasil jogará contra os Estados Unidos, nos dias 11 e 12 de junho, no ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte. Nos dias 18 e 19, os brasileiros enfrentarão Porto Rico, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

PREÇO DOS INGRESSOS

Arquibancada
Pista 3 e 4 – R$ 90 (meia-entrada R$ 45)
Nível 1 – Fila A até E – R$ 70 (meia- entrada R$ 35)
Nível 2 – Fila F até M - R$ 50 (meia-entrada R$ 25)
Nível 3 – Fila N até V – R$ 30 (meia-entrada R$ 15)
Nível 4 – Fila X até Ab – R$ 20 (meia-entrada R$ 10)

Divulgação

(MERCADO) Em busca de patrocínio, Virna tenta montar uma equipe feminina

Virna quer montar uma equipe feminina para a próxima temporada (Foto: CBV/Divulgação)

Fora do voleibol de quadra desde 2009, onde conquistou o título da Superliga com o Rexona/Ades, agora Unilever, a ex-jogadora Virna planeja montar uma equipe feminina para a próxima temporada e manter-se ligada de outra maneira no esporte.

Ainda em busca de um patrocinador, Virna garante 'nunca desistir' e até adiar por mais um ano o projeto, caso não consiga que banque o projeto.

"É um projeto que eu tenho já faz dois anos, mas ainda não deu certo. Falta patrocínio, tentamos captar recursos. Mas é inegável que um time vôlei é um projeto que envolve cifras altas, e as empresas normalmente fecham seus orçamentos no fim do ano anterior", disse Virna ao portal LanceNet!.

"Não descarto ainda a possibilidade, nunca posso desistir. Tive reuniões com empresas dispostas a patrocinar, mas não é fácil. A cidade-sede vai depender da patrocinadora, do perfil da empresa. Se não for agora, no ano que vem tentamos de novo", finalizou.

Universo do Vôlei

(SELEÇÃO JUVENIL) Bernardo elogia desempenho da seleção nos amistosos com a Argentina

Bernardo (1) marcou 30 pontos em dois jogos contra a Argentina (Foto: CBV/Divulgação)

Dando sequência a sua preparação para o Campeonato Mundial Juvenil, que será realizado em agosto no Rio de Janeiro, a seleção brasileira disputou três amistosos com a Argentina no final de semana em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Um dos destaques do time dirigido pelo técnico Leonardo de Carvalho foi o meio rede Bernardo, que assinalou um total de 30 pontos (16 de ataque, 11 de bloqueio e três de saque) nos dois jogos em que esteve em quadra, nas vitórias por 3 sets a 2 de sexta e de 3 a 1 de domingo. No sábado, os argentinos ganharam por 3 a 2.

“Independente dos resultados, o mais importante é que o time jogou muito bem e vem crescendo em produção em entrosamento a cada partida. Esses amistosos diante de uma seleção forte como a Argentina são muito importantes em nossa preparação”, disse o central de 20 anos de idade que atua pela Cimed/Sky.

Divulgação

(MERCADO) BMG/Mackenzie anuncia 5° reforço para temporada 2011/12

Melhor bloqueadora da fase classificatória da Superliga feminina 10/11, a jovem central Letícia Hage (ex-São Caetano), foi anunciada na manhã dessa segunda-feira (30) como novo reforço do BMG/Mackenzie.

"Depois de anunciar Pri Heldes, Nathalia, Priscila Daroit, Taisinha, Sophia, Lara e Luciane Escouto, agora é a vez da central Letícia Hage", escreveu o clube mineiro via Twitter.

A central de 19 anos e 1,87m é a quinta contratação do Mackenzie para a temporada 2011/12. O clube mineiro já renovou contrato com Priscila Dairot, Pri Heldes e Natália além das contratações das centrais Lara, Luciane Escouto, a ponteira Taisinha e a líbero Sophia.

Universo do Vôlei

(MERCADO) Unilever anuncia Ana Carolina e fecha time para temporada 2011/12

A jovem central de 20 anos, que veio do Pinheiros/Mackenzie, encerra as contratações da equipe para a temporada

Ana Carolina: "Jogar na Unilever era um sonho" (Foto: Adorofoto/Divulgação)

O time feminino de vôlei da Unilever tem mais uma jogadora contratada para a temporada 2011/12. A meio-de-rede Ana Carolina, de 20 anos, natural de Belo Horizonte (MG), é o novo nome anunciado pela equipe carioca. Com a apresentação da jogadora, nesta segunda-feira (30/5), a Unilever define o time para a próxima temporada, totalizando 14 atletas.

"Desde que comecei a jogar vôlei, em 2004, sonhava em trabalhar com o Bernardinho. Estou muito feliz em poder treinar com ele, que é sempre muito profissional. E jogar com a Sheilla, a Mari, essas meninas todas...? Estou mesmo em um time de alto nível!", comemora Ana Carolina, que disputou a última temporada pelo Pinheiros. "Confesso que a ficha ainda não caiu. Fico repetindo para mim mesma: vou jogar na Unilever! vou jogar na Unilever! E vou fazer tudo o que puder para ajudar o grupo", garante.

A Unilever, atual campeã da Superliga, montou, mais uma vez, um time competitivo visando à conquista do oitavo título nacional. As novidades em relação à temporada passada, além da jovem Ana Carolina, são a ponteira Natália e a levantadora Fernanda Venturini, que volta a jogar após três anos longe das quadras. As campeãs olímpicas Sheilla (oposta), Mari (ponta), Fabi (líbero) e Valeskinha (meio-de-rede) permanecem no time, assim como as ponteiras Régis e Amanda, as meios-de-rede Juciely e Mara, a oposta Juliana Nogueira, a levantadora Roberta e a líbero Juju Perdigão.

"Unilever, Vôlei Futuro, Osasco, Minas e a nova equipe do Sesi devem ser as principais forças da temporada. O nosso time certamente terá um ataque forte e, ao longo dos treinamentos, vai buscar maior equilíbrio no passe. A Ana Carolina e a Mara são atletas com potencial e temos a possibilidade de formar duas centrais de peso", diz Bernardinho, acrescentando: "A Fernanda comprou conosco a ideia de preparar a Roberta, levantadora, que é uma jovem talentosa. Enfim, vai ser uma temporada de muito trabalho e desafios. Além da Superliga, temos a expectativa de jogar o Mundial de Clubes", completa.

Como é a atual campeã da Superliga, a equipe da Unilever está classificada para a disputa do Sul-Americano de Clubes, ainda sem data definida, que classifica o campeão para o Mundial de Clubes, previsto para outubro, em Doha, no Catar. Na próxima segunda-feira (6/6), parte do grupo se apresenta para o início dos treinamentos com bola na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. As jogadoras da seleção brasileira principal (Sheilla, Mari, Fabi, Natália e Juciely), da seleção militar (Régis e Valeskinha) e da seleção B (Juliana Nogueira) estão dispensadas.

Divulgação

(OUTROS) Rumo à semifinal: Meninos do São Bernardo vencem mais uma no JAB’s

BMG/São Bernardo está nas semifinais do Jab's (Foto: SM Press/Divulgação)

A equipe masculina do BMG/São Bernardo, que representa o Estado de São Paulo, está nas semifinais dos Jogos Abertos Brasileiros (JAB’s). O time comandado pelo técnico Alê Stanzioni venceu nesta manhã de segunda-feira (30) a equipe de Maringá (PR) por três sets a zero, parciais de 25x21; 30x28 e 25x22.

Mesmo com a vitória, os jogadores chamaram atenção ainda para a falta de ritmo de jogo da equipe que treina a apenas três semanas. “O jogo foi bem disputado, ainda mais por que o time de Maringá já treina junto faz muito tempo. Nossa equipe ainda está em processo de formação, buscando o equilíbrio dentro de quadra e isso requer um tempo”, declarou o ponteiro Mineiro, uma das novas caras do BMG/São Bernardo para a temporada.

Apesar de ser remanescente na equipe, o central Isac também está se adaptando às novas peças, em especial ao novo modo de jogo do levantador da equipe, Renan. “Ele tem um jogo muito rápido. Hoje na partida precisei acelerar minhas jogadas. Algumas deram certo, em outras cheguei atrasado. É questão de adaptação e esses jogos serão importantes para a equipe se acertar”, revelou.

Outra nova cara dos ‘laranjas mecânicas’ é o central Luisinho que destacou a perseverança tática da equipe nestes Jogos Abertos Brasileiros. “No geral nosso jogo foi bom. Alguns detalhes ainda nos faltam, mas entrosamento e comunicação de jogada só mesmo jogo a jogo. Nesse início de temporada é muito bom poder disputar um torneio para acertar a casa. Agora temos que pensar nas variações táticas, do mais ao longo das próximas semanas vai se acertando”, finalizou o atleta.

Divulgação

(MERCADO) Sesi-SP apresenta time feminino

Ex-Unilever, Dani Lins é um dos principais nomes da equipe paulista (Foto: SESI/Caio Lopes)

A ponteira Sassá e a levantadora Dani Lins, ambas da seleção brasileira, integram o primeiro time feminino adulto de vôlei do Sesi-SP para a temporada 2011/2012. O anúncio da nova equipe foi feito nesta segunda-feira (30) na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) pelo técnico Talmo de Oliveira, campeão Olímpico.

As atletas Renata Maggioni (ex-Minas), Michelle Daldegan (ex-Pinheiros), Natália Martins (ex-Pinheiros), Elisângela Oliveira (ex-Hisamitsu/Japão), Gabriela Souza (Ex-Macaé), Marcela Correa, Sônia Benedito (ex-Pinheiros), Marina Daloca (ex-pinehiros), Roberta Pereira (ex-Macaé), Michele Pavão (ex-Minas), Luísa Lima (ex-Macaé) e Jéssica Silva (Coreia) compõem a equipe feminina do Sesi-SP.

Equipe foi apresentada na manhã dessa segunda-feira (Foto: SESI/Caio Lopes)

“Pode esperar muito trabalho da nossa equipe”, garantiu Dani Lins.

O técnico Talmo de Oliveira, campeão Olímpico, contará com um grupo de apoio formado pelo primeiro-assistente Alexandre Ferrante (ex-técnico do Macaé e auxiliar técnico da seleção brasileira juvenil feminina), o preparador físico Sérgio Mançan (ex-preparador físico da Seleção Brasileira Infanto-juvenil Masculina) e o segundo assistente Guiliano Ribas (Juba).

Campeão olímpico Talmo de Oliveira é o técnico da equipe (Foto: SESI/Caio Lopes)

“Todas as jogadoras e comissão técnica farão o melhor desde o primeiro dia”, afirmou Oliveira logo após apresentar o time.

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, também participou da coletiva de anúncio da nova equipe e destacou a influência do Sesi no esporte brasileiro. “Atletas formados pelo Sesi representando o Brasil na próximas Olimpíadas”, disse Skaf.

Divulgação

(SELEÇÃO JUVENIL) Brasil volta a vencer a Argentina

Brasil e Argentina se preparam para o Mundial Juvenil (Foto: CBV/Divulgação)

No terceiro confronto entre as seleções juvenis do Brasil e da Argentina melhor para o time verde e amarelo. Neste DOMINGO (29.05), os brasileiros venceram os argentinos, de virada, por 3 sets a 1 (26/28, 25/22, 25/22 e 26/24), em 2h05, no ginásio de Educação Física da Universidade Federal, em Juiz de Fora (MG).

No primeiro confronto, na sexta-feira, o Brasil venceu, de virada, por 3 sets a 2. Já no segundo jogo, no sábado, os argentinos deram o troco e venceram, de virada, também por 3 sets a 2. Os confrontos fazem parte da preparação das equipes para a disputa do Campeonato Mundial da categoria, que será disputado no Rio de janeiro, entre os dias 1º e 10 de agosto. O Brasil é o atual campeão mundial juvenil e lutará pelo quinto título da história (93, 01, 07 e 09).

Na partida deste domingo, o Brasil contou com a volta do levantador Vitor Gelli, do central Bernardo e do ponteiro Lucas Loh que não atuaram na partida do sábado devido a contusões. Para o técnico do Brasil, Leonardo de Carvalho, o terceiro jogo entre os países teve um nível técnico abaixo dos primeiros confrontos.

“Os times erraram mais do que o normal e tivemos dificuldade na recepção. A partir do segundo set crescemos na partida com mais volume de jogo e um melhor aproveitamento de saque”, disse Leonardo, que fez um balanço positivo da série amistosa entre os países.

“Os jogos foram extremamente positivos. Terminamos o primeiro bloco de treinamentos de uma forma muito boa. Estamos construindo a equipe para o Mundial. A Argentina exigiu muito do nosso time. Eles têm muito volume de jogo e uma grande regularidade”, explicou o técnico do Brasil.

Depois dos amistosos contra a Argentina, o Brasil treinará durante duas semanas em Saquarema, para, em seguida, fazer mais uma excursão pela Europa. O time enfrentará a Rússia, atual campeã européia, e a Sérvia, equipe que, em 2009, quando jogou a categoria infanto-juvenil, foi campeã mundial.

O Brasil jogou com Quaresma, Renan, Lucas Loh, Lucarelli, Otávio e Bernardo. Líbero - Gentil. Entraram: Vitor Gelli e Hugo.

Divulgação

(OUTROS) Meninos do São Bernardo estreiam com vitória no Jab's; Meninas perdem

'Laranjas mecânicas' estrearam com vitória no Jab's (Foto: SM Press/Sivulgação)

Neste domingo, nos Jogos Abertos Brasileiros, a equipe masculina de vôlei do BMG/São Bernardo venceu por 3 sets a 0 Juara (MT), parciais de 25x14, 25x13 e 25x19. “Foi um bom jogo. Conseguimos rodar todos os jogadores, sentir como eles estão dentro de quadra. Estamos buscando colocar em prática o que vínhamos fazendo nos treinamentos”, avisou o técnico Alê Stanzioni. Amanhã a equipe do ABC paulista encara o Maringá (PR) às 09h.

Já o time feminino, comandado pelo técnico Zé Alexandre não conseguiu superar o Uberlândia (MG), perdendo por 3 sets a 0, parciais de 21x25, 12x25 e 21x25. “Acabamos tomando muitos pontos em apenas uma passagem, ficando complicando buscar o placar. Precisamos nos concentrar e ir com tudo no próximo jogo. O primeiro e o terceiro set até que foram equilibrados, porém no segundo set acabamos nos desconcentrando, deixando as adversárias abrir bem o placar”, analisou a levantadora Ana Maria que atuou na temporada passada justamente na equipe mineira.

Agora, a equipe tenta a classificação às semifinais dos Jogos Abertos Brasileiros nesta segunda-feira (30). O time comandado pelo técnico Zé Alexandre encara o time do Espírito Santo às 15h30.

Lembrando que a delegação de São Bernardo do Campo representa o Estado de São Paulo no evento.

Divulgação

(ITALIANO) Em piso rosa, Bergamo bate Villa Cortese e larga na frente na série final

Campeão nacional levará o piso para casa (Foto: Lega/Divulgação)

Sobre um piso especial para as partidas finais do Campeonato Italiano, cor de rosa, Villa Cortese e Bergamo inicaram ontem (29) a luta pelo título nacional.

Favorito em finais, o Villa Cortese de Berg, Aguero e Hodge viu o favoritismo descer ladeira abaixo. Jogando em casa e com apoio dos 4.6 mil torcedores que compareceram a Arena Forum, em Milão, o Villa Cortese acabou derrotado pelo Bergamo por 3 sets a 1 (20/25, 21/25, 25/18 e 17/25), em 1h45.

Bosetti foi a melhor jogadora da partida (Foto: Lega/Divulgação)

Com o importante triunfo fora de casa o Bergamo abriu 1 a 0 na série melhor-de-cinco da final. O trio de ponteira do time tricolor, Piccinini, Bosetti e Ortalani se destacou na partida marcando 20, 16 e 16 pontos, respectivamente. Bosetti foi a MVP da partida. No Villa Cortese a ponteira Aurea Cruz anotou 16.

A segunda partida da série acontece nesta terça-feira, às 15h30 (de Brasília), em Milão.

Universo do Vôlei

domingo, 29 de maio de 2011

(LIGA MUNDIAL) Argentina bate Sérvia por 3 a 0 e conquista 1° triunfo

Argentinos fizeram à festa dos torcedores em Rosário-Santa Fé (Foto: Divulgação)

A derrota sofrida por 3 sets a 0 na primeira partida contra a Sérvia, em solo argentino, ficou entalada na garganta dos hermanos. Mais neste domingo (29) foi a vez da Argentina saborear o gostinho da vitória.

Com o mesmo placar, a Argentina devolveu a derrota, parciais de 25/21, 26/24 e 25/20, e conquistou o primeiro triunfo na competição, presenteando os 4.850 mil torcedores que marcaram presença no ginásio Newell's Ols boys, em Rosário-Sante Fé.

O argentino Conte foi o maior pontuador da partida com 18 pontos. No lado sérvio, Starovic foi quem mais pontuou: 11 acertos. Apesar do réves, a Sérvia ocupa a segunda colocação no grupo C com 3 pontos, que é liderado por Portugual. Uma posição abaixo da Sérvia aparece a Argentina, com a mesma pontuação.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) Bulgária vence Alemanha no tie-break e fatura 1ª vitória

Búlgaros comemoram a primeira vitória na Liga Mundial

Na tarde desse domingo (29) a seleção da Bulgária fez a festa para os 2,5 mil torcedores que compareceram ao ginásio Palácio de Cultura e Esportes, em Varna.


Após serem derrotados no primeiro confronto contra a Alemanha no tie-break, os búlgaros conquistaram a primeira vitória na Liga Mundial. Com grande atuação do atacante Nikolov, maior pontuador da partida com 27 pontos, a Bulgária devolveu, com o mesmo placar, a derrota sofrida para os germânicos. A partida teve parciais de 25/21, 23/25, 25/22, 20/25 e 15/9, em 2h09.

O grupo B é liderado pela Rússia com 6 pontos. Na segunda colocação aparece a Bulgária com 3 pontos. Com a mesma pontuação do rival, a Alemanha aparece uma posição abaixo.

Dias 04 e 05 de junho a Bulgária recebe, em Varna, a seleção japonesa para os confrontos da segunda rodada da competição. Os germânicos medirá forças contra a Rússia, em kaliningrad, na Rússia, nos dias 03 e 04/05.

Universo do Vôlei
Foto: FIVB/Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Itália supera França e encerra 1ª rodada com melhor campanha

Italianos tem a melhor campanha da 1ª rodada (Foto: FIVB/Divulgação)

Mesmo jogando em solo francês, a renovada seleção italiana não tomou conhecimento e voltou a vencer a França na tarde desse domingo (29).

Com boa atuação de seus ponteiros, a esquadra azurra repetiu o placar do primeiro confronto, 3 sets a 0, conquistando a liderança isolada do grupo D. Em 1h27, o italianos aplicaram as parciais de 15/25, 23/25 e 25/27 confirmando a segunda vitória em Lyon.

O central francês Hardy-Dessources, apesar da derrota, se destacou na partida marcando incríveis 7 pontos em bloqueio e encerrou como o maior pontuador: 15 acertos. Na azurra, Lasko anotou 14.

Líder isolado do grupo D, com 6 pontos, a Itália encerrou a primeira rodada da Liga Mundial com a melhor campanha. Os italianos não perderam nenhum set, assim como o Brasil, mas supera os brasileiros nos pontos average, primeiro critério de desempate, 1.394 contra 1.289. Sem nenhum ponto conquistado, a França ocupa a última posição na chave.

Na segunda rodada, a Itália enfrenta Cuba nos dias 02 e 05.05, em Ancona. A França busca a primeira vitória, em Suwon, contra a Coreia do Sul nos dias 04 e 05.05.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) Portugal vence novamente a Finlândia e lidera o grupo C

Portugueses lideram o grupo C (Foto: FIVB/Divulgação)

Depois de conquistar uma vitória suada no primeiro confronto, a seleção de Portugal voltou a vencer a Finlândia, neste domingo (29), dessa vez, de forma tranquila.

Jogando em casa, e com saques potentes, os portugueses derrotaram os finlândeses pelo placar de 3 sets 1 (25/18, 23/25, 25/21 e 25/23) somando a segunda vitória sobre os rivais e encerrando a primeira rodada na liderança do grupo C com 5 pontos. A Finlândia ocupa a última colocação com apenas um ponto.

O português Cruz e o finlandês Siltala terminaram a partida com 15 pontos e dividiram o posto de maiores pontuadores. Na segunda rodada da competição, Portugal recebe a Argentina nos dias 04 e 05/05, em Póvoa de Varzim. Já a Finlândia viaja até Belgrado para enfrentar a Sérvia nos dias 03 e 05.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) Rodrigão faz balanço positivo da estreia da seleção na Liga Mundial

No próximo final de semana, Brasil enfrenta a Polônia, no Rio (Foto: Divulgação)

O Brasil iniciou sua trajetória na edição 2011 da Liga Mundial de Vôlei com duas vitórias por 3 a 0 sobre Porto Rico, em confrontos disputados na sexta-feira e no sábado na cidade de San Juan. Mesmo admitindo que o time ainda tem muito a evoluir, o meio de rede Rodrigão fez um balanço positivo da estreia brasileira.

“Tivemos pouco tempo para treinar e o grupo nem está completo, pois o Murilo e o Dante não vieram para Porto Rico. Sofremos um pouco com a falta de entrosamento, mas mostramos bons momentos nesses dois jogos e o mais importante é que conseguimos duas vitórias fora de casa, o que nos deixa na liderança do grupo A”, analisou o experiente central.

Rodrigão acredita que na próxima rodada, em que o Brasil irá enfrentar a Polônia no sábado e domingo no Maracanãzinho, o time de Bernardinho irá apresentar um voleibol de melhor qualidade.

“Diante de Porto Rico, havia aquela ansiedade natural da estreia na temporada. Além disso, teremos quase uma semana para aprimorar e entrosar mais o time. Por isso, tenho certeza que vamos jogar muito melhor nas duas partidas contra os poloneses no Rio”, finalizou o meio de rede.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Após zebra, Cuba devolve derrota para Coreia

Cubanos conseguiram a primeira vitória na Liga Mundial 2011 (Foto: Divulgação)

Após protagonizar a primeira zebra na Liga Mundial, a seleção de Cuba conseguiu a primeira vitória na competição ao derrotar a Coreia do Sul, fora de casa, em jogo válido pelo grupo D.

Em 1h31, os cubanos derrotaram os coreanos, de virada, por 3 sets a 1 (25/21, 23/25, 18/25 e 18/25). Com o triunfo, Cuba ocupa a terceira colocação no grupo. Uma posição acima aparece a Coreia do Sul.

O ponteiro cubano Bell foi o maior pontuador da partida com 21 acertos. Ainda pelo grupo D, França e Itália se enfrentam, às 12h30, partida que terá transmissão do canal SporTV.

Universo do Vôlei

(SELEÇÃO JUVENIL) No tie-break, Argentina vence Brasil

Terceiro amistoso será neste domingo, às 19h, em Juiz de Fora (Foto: Divulgação)

Mais uma vez, Brasil e Argentina fizeram um jogo emocionante e bem disputado tecnicamente. No entanto, neste SÁBADO (28.05), a seleção brasileira juvenil masculina não conseguiu superar os hermanos e foi derrotada, de virada, por 3 sets a 2 (25/21, 25/21, 21/25, 20/25 e 12/15), em 2h11, no ginásio de Educação Física da Universidade Federal, em Juiz de Fora (MG).

Neste DOMINGO (29.05), a partir das 19h, as seleções voltam a duelar no terceiro jogo da série amistosa. No primeiro confronto, na sexta-feira, o Brasil venceu, de virada, por 3 sets a 2. Os confrontos fazem parte da preparação das equipes para a disputa do Campeonato Mundial da categoria, que será disputado no Rio de janeiro, entre os dias 1º e 10 de agosto. O Brasil é o atual campeão mundial juvenil e lutará pelo quinto título da história (93, 01, 07 e 09).

O Brasil jogou desfalcado de quatro jogadores essenciais na vitória no primeiro amistoso. O levantador Vitor Gelli, com dores no joelho direito; o central Rafael Guimarães, com dores no ombro; o ponterio Lucas Loh, com uma pequena torção no tornozelo direito; e o central Bernardo, com uma fadiga na coxa, não puderam atuar.

Mesmo assim, o treinador Leonardo de Carvalho elogiou o desempenho do grupo nos sets iniciais. “Nas duas primeiras parciais tivemos uma atuação excepcional. A Argentina, como no primeiro jogo, errou muito pouco e apresentou um excelente volume de jogo. No terceiro set, demos uma relaxada. No quarto, tivemos a chance de fechar a partida e não conseguimos. No tie-break, começamos muito mal, perdendo por 8/2. Chegamos a encostar e marcar 8/7, mas, no final, a Argentina foi melhor”, avaliou o técnico do Brasil.

Para a terceira e última partida desta série amistosa, o técnico espera que o time continue apresentando um bom voleibol. “Este jogo teve um alto nível técnico. Temos que continuar jogando neste nível o tempo inteiro, com regularidade. Não podemos ter oscilações, como aconteceu hoje conosco e, ontem, com a Argentina”, destacou Leonardo de Carvalho.

O Brasil começou a partida com a seguinte formação: Quaresma, Rafael Araújo, Hugo, Lucarelli, Otávio e Matheus. Líbero – Kachel. Depois, entraram: Marcelo Hister, Renan, Lucas Loh e Victor Hugo.

Depois dos amistosos contra a Argentina, o Brasil treinará durante duas semanas no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ), para, em seguida, fazer mais uma excursão pela Europa. O time enfrentará a Rússia, atual campeã européia, e a Sérvia, equipe que, em 2009, quando jogou a categoria infanto-juvenil, foi campeã mundial.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Gustavo volta a jogar pela seleção e revela nervosismo


Gustavo sobre reestreia na seleção brasileira: "Foi uma emoção enorme"

Desde agosto de 2008, quando conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, o central Gustavo não vestia a camisa da seleção brasileira de vôlei. Neste SÁBADO (28.05), em San Juan, o campeão olímpico mostrou vontade iniciante e o velho voleibol que o consagrou na vitória brasileira sobre Porto Rico, na segunda partida da Liga Mundial 2011.

“Foi uma emoção enorme”, revela o gaúcho de Passo Fundo. “Estava muito nervoso no início, mas à medida que os pontos foram acontecendo consegui relaxar. É muito bom estar de volta e agora vamos dar sequência ao trabalho nos jogos no Brasil”, afirma.

Com três pontos de bloqueio, Gustavo mostrou que ainda continua sendo um dos melhores do mundo no fundamento. Ainda assim, o camisa 13 do Brasil só pensa em evoluir junto com o resto do grupo.

“Ainda estou bem abaixo do que eu gostaria. Senti bastante a falta de ritmo de jogo. O bloqueio ainda pode crescer bastante e o ataque vai melhorar à medida que eu estiver mais entrosado com os levantadores”, aposta o central, de 2.03m.

Companheiro de seleção de longa data, o líbero Serginho vibrou com o retorno do amigo. “Foi muito legal ver o Gustavo de volta em quadra com a camisa da seleção. Passamos por muita coisa juntos nos últimos dez anos, mas sabemos que tudo isso já ficou para trás. Queremos construir uma nova história vencedora daqui para frente”, diz o líbero brasileiro.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Giba completa 150 vitórias na Liga Mundial

Em 176 jogos na Liga Mundial, Giba já marcou 1.756 pontos (Foto: Divulgação)

Capitão do Brasil e atleta do grupo atual com maior número de participações na Liga Mundial de Vôlei, o ponteiro Giba alcançou neste SÁBADO (28.05), em San Juan, sua vitória de número 150 na história da competição. O atacante brasileiro já disputou 176 partidas, começando em 1997, e tem aproveitamento superior a 85% na competição internacional.

“Não sou muito ligado nesta coisa de números, mas estes mostram que o aproveitamento é bom isso me deixa feliz”, afirma Giba, que jogou pela primeira vez na seleção como líbero e já assinalou 1.756 pontos na Liga Mundial.

“O mais importante é que conseguir sair de San Juan com os seis pontos, que são fundamentais na classificação, e que eram a nossa meta”, completa.

O capitão brasileiro enalteceu a evolução porto-riquenha em relação à primeira partida, mas também destacou o alto número de erros (22) cometidos pelos brasileiros.

“Foi um jogo bem complicado, principalmente porque erramos muito mais do que no primeiro confronto, mas também porque a defesa de Porto Rico funcionou melhor. Nos dois sets que foram mais apertados, nossa experiência foi decisiva”, avalia o camisa sete do Brasil.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Brasil vence Porto Rico novamente e termina 1ª semana na liderança

Brasil encerra primeira semana na liderança do grupo A (Foto: Divulgação)

Com uma formação bem diferente da estreia, o Brasil repetiu o resultado e conquistou, na noite deste SÁBADO (28.05), sua segunda vitória na Liga Mundial de Vôlei 2011. O time brasileiro derrotou Porto Rico por 3 sets a 0 (25/19, 31/29 e 25/23) no Coliseu Roberto Clemente, em San Juan, e garantiu a liderança do Grupo A.

O oposto Hector Soto, capitão de Porto Rico, foi o maior pontuador do confronto, com 18 pontos. Pelo lado brasileiro, o ponteiro João Paulo Bravo, com 15, foi quem mais pontuou.

“Ao contrário do primeiro jogo, cometemos muitos erros nesta partida”, analisa o técnico Bernardinho. “Optamos por dar oportunidades a alguns atletas que não jogaram na primeira partida e com isso corremos alguns riscos. Mas é importante dar condição de jogo a todos para que tenhamos todas nossas peças à disposição para a sequência da Liga Mundial. Não somos a equipe mais forte no aspecto físico, então precisamos estar bem nas partes técnica e tática”, completa o treinador.

O Brasil iniciou a partida com Marlon, Theo, Gustavo e Sidão nos lugares de Bruno, Leandro Vissotto, Rodrigão e Lucas. Desta forma, apenas os ponteiros Giba e João Paulo Bravo e o líbero Serginho se mantiveram na equipe titular para o segundo confronto com os porto-riquenhos.

“Fiquei muito feliz por ter tido a oportunidade de começar jogando, pois pude entrar no jogo de sexta e não fui bem. Desta vez consegui jogar melhor e ajudar a equipe. Infelizmente cometemos alguns erros, por desajustes e desatenção, e complicamos a partida, mas o importante é que conseguimos o resultado que queríamos”, conta o oposto Theo, que anotou 11 pontos.

Com as duas vitórias, o Brasil termina a primeira semana da Liga Mundial com seis pontos conquistados e lidera sozinho o Grupo A. Polônia e Estados Unidos, que também jogaram duas vezes, com uma vitória para cada lado, têm três pontos. Porto Rico ainda não pontuou na Liga Mundial 2011.

No próximo final de semana, o Brasil jogará pela primeira vez em território nacional na temporada 2011. No SÁBADO (04.06) e no DOMINGO (05.06), o time eneacampeão enfrentará a Polônia, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Na SEXTA-FEIRA (03.06) e no sábado, Porto Rico e Estados Unidos medirão forças em San Juan.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Sérvia estreia com vitória tranquila sobre os argentinos

Sérvia não encontrou dificuldades na estreia (Foto: Divulgação)

Mesmo sem o oposto Miljkovic, a Sérvia estreou com vitória fácil na Liga Mundial 2011. Em solo argentino, os europeus não encontram dificuldades em vencer os donos da casa, em partida válida pelo grupo C.

Com parciais de 14/25, 21/25 e 22/25, os sérvios precisaram de 1h13 para fechar a partida em 3 sets a 0 e contou com uma boa atuação do levantador Petkovic. Stankovic e Conte terminaram a partida como os maiores pontuadores: 12 pontos.

O oposto Pereyra, recém-contratado da equipe do BMG/Montes Claros, foi quem mais se destacou na equipe argentina. Pereyra saiu do banco no segundo set e marcou 10 pontos, todos em ataques. Neste domingo as duas equipes voltam a se enfrentar.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) Alemanha vence Bulgária no tie-break

Alemanha estreou com pé direito na Liga Mundial (Foto: Divulgação)

A estreia oficial do técnico Radostin Stoychev no comando da seleção Búlgara não foi a das melhores. Diante dos quase 3 mil torcedores que compareceram ao ginásio em Varna, o time da casa foi superado no tie-break pela Alemanha frustando a torcida.

Com parciais de 25/21, 18/25, 21/25, 25/13 e 10/15 a Bulgária estreou com derrota no grupo B, que tem como líder a Rússia com 6 pontos.

O ponteiro búlgaro Kaziyski foi o maior pontuador do confronto com 24 pontos (18 ataques, 5 bloqueios e 1 saque). O germânico Kromm marcou 14.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) Filandês Oivanen marca 32 mais não impede derrota para Portugal

Camisa 13, Oivanen marcou 32 pontos na partida (Foto: Divulgação)

Nem os 32 pontos marcados pelo oposto Oivanen foram capazes de evitar a derrota da Filândia na estreia da Liga Mundial. Jogando fora de casa, a Filândia enfrentou Portugal e foi derrotada no tie-break. Parciais de 23/25, 27/25, 25/21, 24/26 e 15/13, em 2h27, em jogo válido pelo grupo C.

Oivanen foi o maior pontuador da partida. Capitão português, João José foi quem mais pontuou: 18 pontos.

As duas seleções voltam a se enfrentam neste domingo (29), às 12h (Horário de Brasília).

Universo do Vôlei

sábado, 28 de maio de 2011

(LIGA MUNDIAL) Com show de Priddy, EUA devolve derrota para Polônia

Camisa 8, Priddy foi eleito o melhor jogador da partida (Foto: Divulgação)

Se na primeira partida o jovem ponteiro Kurek brilhou na vitória da Polônia sobre os Estados Unidos, na tarde de hoje (28) foi a estrela do experiente ponteiro Priddy que brilhou.

Eleito o melhor jogador da partida, o campeão olímpico Priddy teve um excelente atuação e comandou a vitória dos norte-americanos sobre os poloneses por 3 sets 0 (22/25, 19/25 e 35/37) na casa do adversário, devolvendo a derrota sofrida no primeiro confronto.

Apesar da derrota, o oposto polonês Bartman foi o maior pontuador da partida com 21 pontos (19 ataques e 2 bloqueios). Priddy anotou 17.

Universo do Vôlei

(LIGA MUNDIAL) De virada, Rússia bate Japão e conquista 2ª vitória

Paredão russo marcou 17 pontos na partida (Foto: Divulgação)

Após a vitória tranquila na estreia, a Rússia teve trabalho para vencer o segundo confronto contra o Japão neste sábado (28), em partida válida pelo grupo B.

Diante de sua torcida, a Rússia venceu de virada os nupônicos por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/19, 25/12 e 25/12, com grande atuação de seu bloqueio que marcou 17 pontos no fundamento.

O atacante Muserskiy, que saiu do banco no segundo set, foi o maior pontuador da partida com 14 pontos. No Japão, Shimizu marcou 12.

A Rússia encerrou a primeira rodada da fase de classificação com duas vitórias, em dois jogos contra o Japão. Na segunda rodada, a Rússia enfrenta em Kiliningrad, na Rússia, nos dias 03 e 04 de junho a Alemanha. Já o Japão encara a Bulgária, em Varna, na Bulgária, nos dias 04 e 05.

Divulgação 

(MERCADO) Titular da seleção argentina, Pereyra fica feliz por ser contratado pelo BMG/Montes Claros

Oposto Pereyra vai defender o MOC na próxima temporada (Foto: Divulgação)

Um dos principais jogadores do voleibol argentino irá mostrar seu talento no Brasil na próxima temporada. O oposto Federico Pereyra, titular da seleção de seu país e atual campeão sul-americano pelo Drean Bolívar, não esconde a alegria por ter sido contratado pelo BMG/Montes Claros.

“O voleibol brasileiro, há muitos anos, vem dominando o cenário internacional. Estou muito feliz e para mim será uma honra vestir a camisa do BMG/Montes Claros e disputar a Superliga, um dos campeonatos mais fortes do mundo”, disse o jovem atleta que completa 23 anos de idade no dia 19 de junho.

A transferência de Pereyra para o Brasil foi viabilizada pelo agente Douglas Sousa, da 7mais7 Sports, empresa que desde o ano passado gerencia a carreira do oposto argentino.

“Nos conhecemos durante as finais da Liga Mundial de 2010, que foram disputadas na Argentina, e desde que começamos a trabalhar juntos conversávamos sobre a possibilidade de ele vir para o Brasil. O Pereyra é um atleta excepcional e o BMG/Montes Claros fez uma excelente contratação”, afirmou Sousa.

Tendo em Pereyra uma de suas principais armas ofensivas, a Argentina estreia neste sábado na edição 2011 da Liga Mundial. O adversário será a Sérvia, em confronto marcado para o ginásio do Newell’s Old Boys, na cidade de Rosário.

Divulgação

(LIGA MUNDIAL) Coreia surpreende e vence Cuba por 3 a 0

Coreanos estreou na Liga Mundial com grande vitória (Foto: Divulgação)

Neste sábado (28) o time da Coreia do Sul surpreendeu em sua estreia na Liga Mundial, pelo grupo D. Diante dos atuais vice-campeões mundiais, os asiáticos não tomaram conhecimento e arrancou uma importante vitória jogando no ginásio Suwon Indoor, na Coreia do Sul.

Sem o central Símon, o ponteiro Leal e o levantador Raydel, cortados da seleção por planejarem fuga durante a competição, Cuba não conseguiu encontrar seu melhor ritmo de jogo e o trio asiático Kwang-In, Hong-Suk e Yung-Suk comandou a vitória da Coreia do Sul por 3 sets a 0 (25/20, 29/27 e 25/18), em 1h18.

Kwang-In foi o maior pontuador da partida com 20 acertos. Hernandez foi quem mais pontuou na equipe de Cuba: 14 pontos. Capitão, o jovem ponteiro León marcou apenas 5 pontos.

As duas equipes voltam a se enfrentar nesse domingo (29), às 02h00 (Horário de Brasília).

Universo do Vôlei

(OUTROS) Oposto Renan comemora parceria com o xará de BMG/São Bernardo no Jab's

Atleta quer aproveitar rápido entrosamento com novo levantador rumo ao 1º desafio no ano

BMG/São Bernado estreia no Jab's neste domingo (Foto: Divulgação)

Nesta sexta-feira o time masculino do BMG/São Bernardo embarcou para Poços de Caldas (MG) rumo aos Jogos Abertos Brasileiros. Neste domingo (29), o grupo terá seu primeiro desafio na temporada. Às 09h o time comandado por Alê Stanzioni encara o Juara (MT).

Mesmo com pouco tempo de treinamento, o oposto Renan Buiatti, 2.17m, grande destaque da equipe para essa temporada acredita que o torneio é um bom desafio para esse início de trabalho. “Treinamos três semanas, ainda não estamos em nossa melhor forma, mas pretendemos fazer um ótimo torneio. Os Jogos Abertos servirão para ajudar no entrosamento do time, que mudou algumas peças”, avisa.

Acostumado com um levantador desde as categorias de base até a temporada passada, o oposto comemora uma nova forma de jogar com a chegada do seu xará, Renan, de Portugal. “Estou gostando muito dele, ele joga muito bem. Não terei problemas em me adaptar com o estilo rápido de jogo dele”, ressaltou Buiatti que, em uma ação de ataque chegar a alcançar quase 3 metros e meio de altura.

Enquanto Rubinho está com a Seleção Brasileira na Liga Mundial, o comandante dos ‘laranjas mecânicas’ será Alê Stanzioni. O treinador também destaca a importância dos Jogos Abertos Brasileiros para afinar a equipe que, da equipe passada, tem apenas quatro remanescentes.

“Será um torneio importante para a avaliação dos jogadores que chegaram em relação ao grupo. Trouxemos alguns atletas específico para essa competição que podem ficar para a temporada. Ainda será preciso fazer ajustes na equipe. Claro que queremos vencer, mas nesse momento eles tem que estar tranquilos em quadra para se entrosarem”, concluiu.

Divulgação